Poderosíssimo caldo, já usado por nossos ancestrais tem benefícios comprovados para a saúde dos cães. Principalmente se o seu cão estiver debilitado, sem apetite ou sem comer há alguns dias, este caldo pode ser como um truque de mágica para sua recuperação, melhorando a digestão e hidratando o seu cão.

São muitas horas de cozimento (6 a 24 horas!), mas a garantia é que vale a pena e o esforço é mínimo.

 

Alguns dados sobre a Síndrome do Intestino Permeável

A principal função do intestino é absorver nutrientes dos alimentos.

Quando alimentos parcialmente não digeridos, toxinas, vírus, leveduras e bactérias tem a oportunidade de passar pelo intestino e acessar a corrente sanguínea; isso é conhecido como ou intestino permeável (ou leaky gut).

Quando o revestimento intestinal é repetidamente danificado devido à recorrência do intestino permeável, as células danificadas chamadas microvilosidades tornam-se incapazes de fazer seu trabalho adequadamente. Elas se tornam incapazes de processar e utilizar os nutrientes e enzimas que são vitais para uma boa digestão.

Eventualmente, a digestão é prejudicada e a absorção de nutrientes é afetada negativamente. Quanto mais a exposição ocorre, seu corpo inicia um ataque a esses invasores estrangeiros. Ela responde com inflamação, reações alérgicas e outros sintomas relacionados a uma variedade de doenças.

O intestino permeável é a raiz de muitas alergias e distúrbios autoimunes, por exemplo. Quando combinado com sobrecarga tóxica, você tem uma tempestade perfeita que pode levar a distúrbios neurológicos, como autismo, TDAH e dificuldades de aprendizagem.

Um dos principais alimentos que você pode usar é o caldo de ossos, porque não só é digerido com facilidade, mas também contém componentes de otimização do sistema imunológico, que são blocos de construção fundamentais para o tratamento de doenças autoimunes.

 

Benefícios do caldo de ossos incluem o seguinte:

1. Reduz a dor nas articulações e a inflamação , cortesia do sulfato de condroitina, da glucosamina e de outros compostos extraídos da cartilagem fervida e do colágeno.

2. Inibe a infecção causada pelo vírus do resfriado e da gripe, etc. De fato, o Dr. Daniel relata a sopa de galinha – conhecida como “penicilina judaica” – tem sido reverenciada por suas qualidades medicinais pelo menos desde Moses Maimonides no século XII. 5

Estudos recentes sobre a cartilagem, que é encontrada abundantemente em caldo caseiro, mostram que ela suporta o sistema imunológico de várias maneiras; é um potente normalizador, verdadeiro modificador da resposta biológica, ativador de macrófagos, ativador de células Natural Killer (NK), ativador de linfócitos B e liberador do Fator Estimulador de Colônias.

3. Combate a inflamação : Aminoácidos tais como glicina, prolina e arginina, todos têm efeitos anti-inflamatórios. A arginina, por exemplo, foi considerada particularmente benéfica para o tratamento da sépsis (inflamação do corpo inteiro). 6 A glicina também tem efeitos calmantes, o que pode ajudá-lo a dormir melhor.

4. Promove ossos fortes e saudáveis : Dr. Daniel relata que o caldo ósseo contém quantidades surpreendentemente baixas de cálcio, magnésio e outros minerais, mas ela diz que “ele desempenha um papel importante na formação óssea saudável devido ao seu abundante colágeno.

5. Promove o crescimento saudável dos cabelos e unhas , graças à gelatina no caldo. Dr. Daniel relata que, ao alimentar fibras de colágeno, o caldo pode até eliminar a celulite também.

 


Receita caseira de caldo de ossos de frango

A receita a seguir é adaptada do livro de receitas Heal Your Gut, de Mary Brackett e de Hilary Boynton.

Caldo de galinha caseiro

Ingredientes:

  • 1 frango inteiro de 1/2kg a 2kg (com pescoço, asas, cabeça e pés)
  • 4 litros de água filtrada
  • 2 colheres de sopa de vinagre de maçã

Opcional:

  • 3 talos de aipo picados grosseiramente
  • 2 cenouras picadas
  • Punhado de salsa fresca

Método de Preparo

  1. Coloque o frango em uma panela grande. Adicione os 4 litros de água e o vinagre.
  2. Deixe cozinhar em temperatura média por 30 minutos (para dar tempo ao vinagre para remover os minerais dos ossos).
  3. Adicione os legumes (opcional) e ligue o fogo.
  4. Deixe ferver e escorra a espuma.
  5. Reduza para temperatura baixa (o mais baixo que seu fogão permitir) para ferver. Tampe e cozinhe por 6 à 24 horas.
  6. Durante os últimos 10 minutos de cozimento, coloque um punhado de salsa fresca para adicionar sabor e minerais (opcional).
  7. Deixe o caldo esfriar, coe-o e retire a carne restante dos ossos para usar na cozinha no futuro.
  8. Ofereça o caldo fresco ou guarde-o na geladeira (de 5 à 7 dias), ou no freezer (por até 6 meses).

Preferencialmente, use frango e vinagre orgânicos e não utilize panela de pressão.

Com 6 horas de cozimento o caldo já pode ser servido, caso seu cãozinho esteja debilitado, ofereça uma porção neste momento, mas deixe cozinhando por mais tempo para que mais nutrientes sejam liberados na água.

Você pode congelar em forminhas de gelo, assim facilitará o armazenamento e oferta a longo prazo. Descongele, e ofereça pequenas porções em uma tigela, de acordo com o tamanho do seu cão, uma a quatro vezes ao dia. Se em até 3 dias o seu cão não melhorar, leve-o ao veterinário.

Fonte: Unnipets